+info: Sandra Dias | E-mail: gedi@med.up.pt | tlm: 912583273

PORTO PALÁCIO HOTEL

Coordenadas GPS

41.160340, -8.638536 

Preçário

115€ – single executivo
130€ – duplo executivo
Pequeno almoço, no restaurante, a partir das 6h30
Condições garantidas para reservas efectuadas até dia 15 de Novembro de 2018.
 

Condições de cancelamento:

Até 15.11.2018 – podemos cancelar 25% do espaço total reservado sem penalidades. À parte destes 25%, qualquer cancelamento adicional, será cobrado na base dos 100% do valor total
Até 15.12.2018 – podemos cancelar 15% do espaço total reservado sem penalidades. À parte destes 15%, qualquer cancelamento adicional, será cobrado na base dos 100% do valor total
A partir de 16.12.2018 – qualquer cancelamento será cobrado na sua totalidade

Morada

PORTO PALÁCIO HOTEL

Av. Boavista, 1269

4100-130 Porto


Para as Reservas contactar

Flash Viagens

Mónica Cerqueira
T: 225 081 240
E: monica@flashviagens.com


Transfers

Estão previstos Transfers de e para o local da reunião (Fundação Dr. António Cupertino de Miranda).

P.f. informe-se junto da agência ou no Hotel.

Reunião Anual do Grupo de Estudos da Doença Inflamatória do Intestino (GEDII) 2019

A APIFARMA foi contactada pelo GEDII no sentido de analisar a escolha do Hotel Porto Palácio para alojamento dos Profissionais de Saúde participantes na sua Reunião Anual que terá lugar nos dias 16, 17 e 18 de Janeiro, nos Jardins da Fundação Cupertino de Miranda.

De acordo com as informações da entidade organizadora a escolha do Hotel Porto Palácio deveu-se ao elevado número de participantes no evento e ás condições logísticas que o hotel oferece (disponibilidade de elevado número de quartos e proximidade como local do evento).

Não obstante, a APIFARMA entender que os hotéis de 4 estrelas são adequados para a hospitalidade dos profissionais de saúde, não considera que constitua uma violação deontológica a escolha de hotéis de 5 estrelas, em especial quando o evento tenha um elevado número de participantes, como é o caso, ficando a escolha dos hotéis condicionada à oferta das unidades hoteleiras ou o hotel escolhido ser reputado como de negócios, como hotel no centro empresarial das cidades ou perto de grandes vias de acessibilidade rodoviária, ferroviária ou de aeroportos.

Em conclusão, não existindo qualquer proibição em relação à escolha de hotéis de cinco estrelas, cabe a cada empresa decidir, de acordo com as suas regras internas, se apoia, ou não, o alojamento de profissionais de saúde nessas unidades hoteleiras.


 

Mantenha-se em contacto

Esteja a par das nossas novidades.